Montar pneus novos sem alinhar e balancear?

Desejo montar pneus novos em meu veículo, porém não desejo fazer os serviços de balanceamento e alinhamento. Quais são os riscos?

Os serviços de balanceamento e alinhamento são essenciais. Tenha em mente que, ao optar por Continental, você estará comprando produtos Premium, de alta qualidade e com performance superior. Correr o risco de ter um desgaste irregular nos pneus e, por consequência, uma retirada de serviço prematura, não vale a economia. Reforçamos que desgastes irregulares não são cobertos pela garantia da Continental.

Veículos com problemas de alinhamento ou balanceamento de rodas não só causam desgaste irregular nos pneus, mas comprometem o conforto da viagem e a segurança. Dependendo da severidade do caso, outros componentes da suspensão podem sofrer desgaste prematuro também. O balanceamento das rodas deve ser feito todas as vezes que os pneus forem desmontados e montados, mesmo que os pneus permaneçam os mesmos. Lembre-se que o balanceamento é afetado pela posição do pneu na roda também.

O alinhamento é um parâmetro sensível que perde sua referência com facilidade. O alinhamento sofre com impactos e quedas em buracos, situação muito corriqueira logo é improvável que um veículo consiga manter seu alinhamento em perfeitas condições por longos períodos.

Note que problemas ou falhas em componentes como bandejas, buchas de bandeja, amortecedores, molas, eixos e demais componentes da suspensão afetam os parâmetros de alinhamento dos veículos, o que pode e provavelmente vai causar um desgaste irregular nos pneus, aumentando o do valor do prejuízo.

Não deixe para depois, compre, monte e faça o alinhamento e balanceamento dos pneus e rodas do seu carro na Garra Pneus.

Promoção Mil Motivos Para Viajar da Continental Pneus

Seleção Continental de Hotéis é uma plataforma onde você pode acumular créditos para obter descontos em suas reservas dentro dela. E a Continental te dá 1.000 reais em crédito para descontos.

Os descontos são oferecidos conforme a política de cada estabelecimento e podem variar.*

São + de 6,3 mil hotéis só no Brasil;

Além de hotéis, a plataforma permite reservar carros, pacotes, transporte e muito mais;

O crédito total de 1.000 reais será disponibilizado de uma única vez, através de um único código;

Os descontos vão sendo abatidos do saldo disponível no perfil de cada usuário.

​Dá tempo de se programar, você terá o período de 1 ano para utilizar seu código.

*Descontos aplicados conforme política de cada estabelecimento. Consulte os descontos no site www.selecaocontinentaldehoteis.com.br

Condições para uso da oferta:

Valor garantido: As tarifas que serão apresentadas no site www.1000motivoscontinental.com.br serão cotadas na moeda Real brasileiro. Quando processado, o valor será apresentado na fatura do cartão de crédito em dólar, porém o valor será exatamente o equivalente ao valor apresentado em real.

Por se tratar de um site internacional, as compras estão sujeitas a cobrança de IOF de acordo com as taxas e impostos brasileiros.

Dá tempo de se programar, você terá o período de 1 ano para utilizar seu código. Até dezembro de 2021

Você deverá ativar seu código na plataforma www.1000motivoscontinental.com.br para utilizar ao longo desse período.

Você tem até 06 de dezembro de 2021 para ativar seu código na plataforma www.selecaocontinentaldehoteis.com.br e utilizá-lo ao longo desse período.

VEJA COMO É FÁCIL PARTICIPAR

Compre* 4 pneus Continental acima do aro 14, ou General Tire para caminhonete e SUV – linha Grabber.

Realize os serviços de montagem, alinhamento e balanceamento e guarde seu cupom fiscal e o voucher que receberá da loja participante.

No momento da compra, o vendedor da Continental lhe enviará um e-mail com o código de participação. Você precisará dele para se cadastrar.

Cadastre-se aqui, em até 15 dias após a sua compra, informando seus dados pessoais, o código disponível no voucher que recebeu na loja e uma foto de seu cupom ou nota fiscal.

Seus dados serão validados e no prazo de até 5 dias úteis e você receberá, no e-mail cadastrado, um voucher com o código e instruções para utilização.

Caso tenha dúvidas, você pode conferir o regulamento completo.

* loja física Continental participante da promoção;

* período de participação 01/09/2020 a 21/11/2020.

Por que verificar a pressão dos pneus?

Você deve verificar a pressão dos pneus pelo menos uma vez por mês.

  • Dicas rápidas: Como verificar a pressão do pneu?
  • Você terá uma leitura mais precisa se verificar a pressão quando os pneus estiverem frios.
  • Consulte o manual do veículo para saber a pressão recomendada para os pneus dianteiros e traseiros.
  • Use um calibrador confiável para pressurizar os pneus, com manômetro funcionando corretamente.
  • Faça a leitura da pressão (PSI) em cada pneu e compare com o manual do veículo.
  • Ajuste a pressão mais alta ou mais baixa de acordo com a pressão recomendada para seu pneu, levando em consideração a carga do seu veículo.

Muitos acidentes são causados por pneus com pouca pressão. Se você ainda não está verificando seus pneus, é hora de começar a verificar seus pneus todos os meses. Você economizará dinheiro e poderá salvar vidas.

Uma vez a cada poucos meses é suficiente? Não, não é. Existem muitas razões pelas quais você precisa verificar a pressão dos pneus regularmente.


Economize. Os pneus se desgastam mais rápido se estiverem com pouca pressão e de forma irregular se estiverem com muita pressão – por isso, nos dois casos, você precisará comprar pneus novos com mais frequência. O cuidado adequado estabiliza a estrutura do pneu e pode prolongar a vida média de um pneu em incríveis 7.500 km. Você também economizará combustível: se os pneus estiverem com pouca pressão, o veículo consumirá mais combustível por quilômetro percorrido e, assim, alcançará menor quilometragem.


Desfrute de um passeio mais confortável. Pneus inflados adequadamente influenciam a capacidade de resposta do veículo, seu manuseio e desempenho. O que nos leva ao próximo ponto.


Segurança em primeiro lugar. Se os pneus estiverem com pouca ou muita pressão, a dirigibilidade é afetada. A dirigibilidade torna-se lenta se os pneus estiverem com pouca pressão e perigosos se estiverem com muita pressão, especialmente se você estiver fazendo curvas em alta velocidade. Distância de parada, aderência de frenagem e estabilidade direcional são afetadas. À medida que os pneus lutam para permanecer na estrada, o calor se acumula, tornando as explosões mais prováveis e aumentando as chances de um acidente grave.


Considere o meio ambiente. Se os pneus do seu carro estiverem com pouca pressão, de apenas 4 PSI a menos, a resistência ao rolamento é aumentada. Assim, seu veículo consumirá cerca de 1,5% mais combustível e, portanto, liberará mais CO2. Calibragem adequada significa um equilíbrio perfeito entre segurança máxima e economia de combustível. Seus pneus durarão mais e você reduzirá a emissão de carbono.


Como verificar a pressão dos pneus?

A pressão dos pneus é expressa PSI (pounds per square inch). Baseia-se no peso e no tamanho de um veículo e é importante usar exatamente a pressão recomendada pelo fabricante para o seu veículo. Isso garantirá segurança e desempenho ideal.

Verifique a pressão a cada duas a quatro semanas e sempre antes de partir em viagens mais longas ou se estiver carregando cargas adicionais.


Pneus frios. Você obterá uma leitura mais precisa se verificar a pressão quando os pneus estiverem frios, antes que a temperatura externa suba e os pneus sejam expostos à luz solar direta. Se a temperatura externa aumentar 10 graus Fahrenheit, a pressão dos pneus aumentará 1 PSI. No inverno, em alguns climas, os pneus podem sofrer uma queda de até 5 PSI


Consulte o manual do veículo. Identifique a pressão recomendada pelo fabricante do veículo para os pneus dianteiros e traseiros. Esta é a quantidade mínima de pressão de ar necessária em pneus frios para apoiar o seu veículo. Você provavelmente verá duas figuras, uma para uso normal e outra para cargas completas; será algo como “35 PSI”. Você encontrará isso no manual do veículo no carro, dentro da tampa do depósito de combustível ou no batente da porta do motorista. Caso não encontre, consulte a concessionária, montadora ou profissional qualificado.


O manômetro. Use um manômetro confiável e preciso para pneus, você pode comprar um em um revendedor de autopeças ou encontrar em postos de gasolinas de forma gratuita. Existem os medidores digitais, que são operados por bateria, ou medidores do tipo bastão mais tradicionais.


Verifique a pressão dos pneus. Remova a tampa da válvula de ar do pneu e a guarde. Coloque o manômetro na válvula do pneu, pressione-o com rapidez e firmeza até que o som da fuga de ar pare. O manômetro no agora mostrará uma leitura do PSI. Compare isso com a recomendação do fabricante.


Ajuste a pressão. Se a leitura estiver acima da recomendação, empurre a válvula para deixar sair um pouco de ar. Você pode fazer isso algumas vezes até que o manômetro mostre a leitura correta. Se a leitura do PSI estiver abaixo da recomendação, use um compressor de ar (o calibrador no posto de gasolina, se você não possui um) para encher o pneu com ar até atingir o nível correto. Recoloque a tampa da válvula firmemente e repita o processo com os três pneus restantes, mais o estepe.